Reservatórios e Estações Elevatórios para as Águas do Oeste

Reservatórios e Estações Elevatórios para as Águas do Oeste.

Conjunto de Reservatórios e Estações Elevatórios integrados no Subsistema de Abastecimento de Água II (Zona Norte) do Sistema Multimunicipal de Abastecimento de Água e Saneamento do Oeste.

Reservatório e Estação Elevatória de Alcanhões.
Trata-se de um reservatório semi-enterrado, em betão armado constituído por duas células e uma estação elevatória. Cada célula apresenta dimensões, em planta, de 25.4 x 20.4 m, perfazendo uma capacidade total de, cerca de, 5200 m³. A área bruta de construção é de 1450 m².

Reservatório Casais Mª Delfina.
Reservatório semi-enterrado, em betão armado, constituído por duas células e uma câmara de manobras. As células apresentam dimensões, em planta, de 25.4 x 20.4 m e 20.4 x 20.4 m, perfazendo uma capacidade total de, cerca de, 4700 m³. A área bruta de construção é de 1200 m².

Reservatório de Moinho Via-Vai.
Trata-se de um reservatório semi-enterrado, em betão armado, constituído por duas células e uma câmara de manobras. Cada célula apresenta dimensões, em planta, de 20.4 x 20.4 m, perfazendo uma capacidade total de, cerca de, 5 000 m³. A área bruta de construção é de 1 100 m².

Estação Sobrepressora da Amieira.
Edifício com um piso, em betão armado, com uma área bruta de construção é de 330 m². Trata-se de um reservatório semi-enterrado, em betão armado, constituído por duas células e uma câmara de manobras. Cada célula apresenta dimensões, em planta, de 20.4 x 20.4 m, perfazendo uma capacidade total de, cerca de, 5 000 m³. A área bruta de construção é de 1 100 m².
Edifício com um piso, em betão armado, com uma área bruta de construção é de 330 m².

Local: Óbidos

Cliente: Águas do Oeste | Ramanlho Rosa Cobetar

Âmbito: Projecto Base para Concurso

Data: 2005